Qual é a diferença entre lucro e fluxo de caixa?

Qual é a diferença entre lucro e fluxo de caixa

Qual é a diferença entre lucro e fluxo de caixa? Muitas vezes, pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Imagine dois garotos que desejam montar uma barraquinha de limonada (lembra deste post?). Eles pretendem cobrar 50 centavos por copo. Se venderem 100 copos, farão cem vezes 50 centavos, ou $50 reais de retorno. Evidentemente, eles sabem que precisa-se de dinheiro para fazer-se dinheiro. Eles calculam que cada copo custará 13 centavos para fazer: 10 centavos para os ingredientes, e três centavos para pagar proteção ao valentão do quarteirão. As suas despesas serão 13 centavos vezes 100 copos, ou $13 reais. eles terão um retorno de $50, despesas de $13, e o seu lucro – retorno menos despesas – é $37.

Lucro é o dinheiro que fica após o pagamento das despesas. Algumas pessoas pensam que proprietários de negócios podem simplesmente juntar os seus lucros no banco. O lucro é usado para pagar por qualquer equipamento ou materiais novos necessários ao crescimento do negócio. E evidentemente existem impostos sobre os seus lucros. Somente depois de investirem em crescimento e pagar as suas taxas eles podem levar o dinheiro para casa.

Os nossos garotos estão prontos para começar. Eles não precisam comprar equipamento e nem pagar impostos, portanto eles estão a fim de ir em frente e meter os seus $37 no bolso. Mas espere… se ao menos esta estória fosse mais simples. Algo aconteceu…

Leia também:  4 dicas para organizar as finanças da empresa

Bem no primeiro dia, os meninos vão à quitanda comprar os limões… só para descobrir que nenhum deles tem no bolso nenhuma sobra da mesada. O mercado não vai vender-lhes fiado, portanto eles não têm nem como começar. Eles estão fora do mercado antes mesmo de por o pé nele, graças ao fluxo de caixa.

Fluxo de caixa refere-se à situação em que o negócio precisa de dinheiro. Muitas vezes, empresas gastam dinheiro com salários, contas de equipamentos (e limões), antes de gerar um centavo sequer de retorno. Ao planejar quando o dinheiro vai entrar e quando ele precisará sair, uma empresa pode identificar o momento em que precisará de dinheiro na mão, e pode fazer tudo o que for necessário para ter o dinheiro disponível.

Empresas muitas vezes tomam empréstimos para sobreviver até a chegada do retorno. Se os nossos garotos precisam pagar ao mercado $5 por limões hoje para ganhar $50 pela venda da limonada no fim de semana, eles podem pedir ao papai e à mamãe um empréstimo, que deverá ser pago de volta assim que os rendimentos da limonada começarem a entrar na conta. Eles tomam $5 emprestados hoje, fazem e vendem a sua limonada, e então pagam o empréstimo na semana que vem.

Uma empresa pode ser lucrativa e ainda assim fechar por problemas de fluxo de caixa. Se ela precisa pagar por materiais em janeiro, mas não recebem dos clientes até junho, precisam de um empréstimo para sobreviver até lá. Se o empréstimo não sair – mesmo que as suas vendas estejam garantidas no futuro – isso de nada adiantará. Às vezes os próprios clientes pagarão adiantado, oferecendo na prática um empréstimo sem juros a uma empresa para ajudar a cobrir o fluxo de caixa.

Leia também:  Contas a receber de uma empresa: como funciona

O caso da Amazon.com

amazon-boxes-100563149-primary.idgeUma companhia pode ter um fantástico fluxo de caixa e não ser lucrativa. A Amazon.com levantou tanto dinheiro com a venda de ações em meados dos anos 90, que ficaram com $2.000.000.000 no banco. Todo ano, eles gastavam mais dinheiro do que faziam, portanto o seu lucro anual era negativo. Mas por terem tanto dinheiro em reserva, eles podiam dar-se o luxo de cobrir a diferença tirando da sua conta bancária. As imensas entradas de dinheiro provenientes do mercado de ações compensavam pelas perdas contínuas. Somente depois de uma década a Amazon.com começou realmente a lucrar como empresa, de forma que hoje ela tanto tem um bom fluxo de caixa quanto é lucrativa.

Portanto lembre-se: lucro é o total de dinheiro que resta-lhe depois de obter o seu retorno e pagar as suas despesas. Fluxo de caixa é quando você de fato recebe e paga o dinheiro. A longo prazo, você precisa eventualmente tornar-se lucrativo ou encontrar alguém como por exemplo investidores em ações que continue trazendo-lhe dinheiro para compensar as suas perdas. A curto prazo, mesmo se você for lucrativo, você sobreviverá ou fracassará dependendo de ter ou não dinheiro para pagar as contas. É por isso que se diz que o fluxo de caixa é o rei.

3 comentários sobre “Qual é a diferença entre lucro e fluxo de caixa?

Deixe uma resposta