Como saber se minha empresa está dando lucro?

Como saber se minha empresa está dando lucro?

O lucro é essencial para que um negócio dê certo e possa prosperar no mercado. Muitas empresas têm dificuldades para saber se são lucrativas ou não, já outras chegam a sofrer com prejuízos frequentes antes que façam uma análise mais criteriosa das próprias contas. Se você tem dúvidas sobre como calcular a lucratividade do seu empreendimento e quer saber se vale a pena continuar com ele da forma como está, confira as dicas a seguir.

O que é o lucro?

O lucro líquido de uma empresa é o resultado positivo que o negócio conquista depois de subtraídos todos os gastos da receita total, em determinado período, como um mês, um trimestre ou seis meses, por exemplo. A lucratividade geralmente é expressa em porcentagem, para mostrar quanto a empresa ganhou sobre 100 reais de receita de faturamento.

O contrário do lucro é o prejuízo, ou seja, quando um negócio gasta mais do que recebe. Em alguns segmentos de mercado, como os sazonais, em que as vendas se concentram em uma época do ano, pode ocorrer de uma empresa ter prejuízo em meses específicos, embora seja lucrativa no período de um ano.

Lucro é diferente de fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é um importante instrumento de gestão financeira de uma empresa, que controla as entradas (receitas) e as saídas (custos e despesas) em determinado período, geralmente, de um mês. Portanto, o fluxo de caixa monitora a movimentação financeira da empresa e considera o capital de giro e eventuais saldos acumulados, que passam de um mês para outro, quando ocorre resultado positivo no fechamento das contas mensais.

Leia também:  Pra quê um controle financeiro se minha planilha já faz "tudo"?

Não é porque em um mês o fluxo de caixa terminou no “azul” que, necessariamente, a empresa dá lucro. Afinal, nas contas pode ter sido considerado o capital de giro. Da mesma forma, se em um dos meses o resultado do fluxo de caixa ficou no “vermelho”, não significa que a empresa dê prejuízo. Por exemplo, há os casos das vendas a prazo, em que os pagamentos entram “pingados” no fluxo de caixa.

Como calcular a lucratividade?

O lucro de um negócio é medido em valores absolutos por meio da seguinte fórmula:

Lucro = receita brutal total – gastos totais

Vale lembrar que, para se chegar ao valor real do lucro líquido, é necessário descontar todo tipo de gasto, até mesmo aqueles muitas vezes deixados de lado, como as embalagens dos produtos ou o cafezinho da recepção. Nas despesas também é necessário considerar o valor recebido pelo empresário ou o pró-labore dos sócios.

Vamos ver um exemplo de cálculo do lucro? Se uma empresa teve 50.000 reais de receita bruta em um mês, mas gastou 35.000 reais, o lucro foi de 15.000 reais no período. E quanto à lucratividade?

Como destacamos anteriormente, a lucratividade é medida em porcentagem sobre a receita. A fórmula do cálculo é a seguinte:

Lucratividade = lucro líquido / receita bruta total x 100

Com os números do exemplo anterior, teríamos: 15.000 / 50.000 x 100 = 30%. Nesse caso, a lucratividade da empresa foi de 30%. Para saber se a margem de lucro da sua empresa é boa ou ruim, você deverá compará-la com outros tipos de investimento, como os produtos do mercado financeiro (poupança, títulos públicos etc.), além de analisar a lucratividade média no seu respectivo segmento de atuação. Afinal, entre um setor e outro da economia a lucratividade pode variar bastante.

Leia também:  Quer se tornar um melhor gestor? Veja 4 dicas de sucesso

Procure sempre ter um controle de caixa eficiente, para fazer um planejamento financeiro efetivo, que crie condições para que a sua empresa esteja sempre no azul. E por falar nisso, você já fez o cálculo da margem de lucro do seu negócio? O nosso software, o ProFinanceiro, faz isto tudo para você e muito mais. Conheça e use-o grátis por 30 dias.

Deixe uma resposta